fbpx
Entregas e devoluções gratuitas, na Europa.
Práticas sustentáveis que podes começar por implementar na tua rotina diária:
03 Abril, 2019

Muitas vezes queremos fazer uma mudança sustentável na nossa vida, mas não sabemos muito bem por onde começar, nem como fazê-lo…não queremos ser radicais, porque uma mudança é sempre uma mudança e existem alguns velhos hábitos que teimam em não desapegar-se.

Por isso, como a paciência é uma virtude e seguindo os ensinamentos dos nossos avós que nos diziam sempre em pequeninos “devagar se vai ao longe”, hoje trago-vos algumas práticas amigas do ambiente que poderão começar a implementar na vossa rotina, que vos ajudarão a reduzir o consumo de plástico e a criarem hábitos mais sustentáveis e conscientes. 

  • Sacos de papel/plástico VS Sacos de pano

Sabem aqueles sacos de pano que se costumavam usar antigamente para ir buscar o pão?! Pois bem, tenho uma boa novidade para vocês: voltou a ser tendência novamente e não caiu em desuso. A utilização dos sacos de pano diminui bastante o impacto ambiental e é uma forma simples e prática de começar a introduzir práticas sustentáveis nas tarefas do dia a dia. Para além de que existe sempre a possibilidade de os decorarmos ao nosso gosto…só vantagens!

  • Usar uma garrafa de água reutilizável

Quando vamos a passear na rua, no campo ou até mesmo na praia, não nos é estranho (embora seja uma triste realidade) ver uma quantidade infindável de garrafas de plástico espalhadas pelo chão e a poluir o ambiente. Este é o principal plástico que acaba no mar e a prejudicar os ecossistemas marinhos. 

E é tão, mas tão fácil resolver este problema: basta que optemos por ter apenas 1 garrafa de água que anda connosco o dia todo, todos os dias! Além disso, está provado que a água engarrafada é muito mais prejudicial à saúde e mais cara do que a água da torneira. Isto porque, o próprio plástico das garrafas, quando exposto ao calor, não só no verão, como durante todo o processo desde o produtor até ao consumidor final, liberta toxinas muito prejudiciais à saúde. E vá lá, não custa nada encher a garrafinha de vez em quando!

  • Dar uma oportunidade ao bambú

O escovar dos dentes é uma prática diária e repetitiva e que, à primeira vista, parece muito inocente, bem como a contínua e desenfreada utilização de palhinhas para beber aquele refrigerante que detestamos beber diretamente da lata. Embora não seja exatamente uma prática, é algo que também tem um impacto ambiental enorme. 

As escovas de dentes de plástico têm diversos compostos que dificultam a sua reciclagem e, por isso, são um artigo muito descartável e com um impacto ambiental brutal. Quanto às palhinhas nem se fala.. por serem um material leve, chegam mais facilmente aos oceanos e fragmentam-se em microplásticos que os animais marinhos e algumas aves comem por os confundirem com alimento, o que causa a morte a muitas espécies. 

Ultimamente, surgiu uma opção vegan e muito mais sustentável e que tem andado nas bocas do mundo (e, sim, também literalmente): as escovas de bambu e as palhinhas de bambu, que são uma opção mais sustentável e ética por serem biodegradáveis e reutilizáveis.  

  • Compostagem doméstica: porque não?!

Provavelmente estarão a pensar que é uma ideia maluca, pouco higiénica e muito trabalhosa, mas desenganem-se…é uma excelente ideia: devolver à terra o que é da terra! Tanto podem aplicá-la se viverem numa moradia com um jardim avantajado, como se viverem num apartamento T1. O que é preciso acima de tudo? Vontade de mudar o mundo!

A compostagem doméstica pode ser feita em baldes ou caixas de madeira, sendo muito prática e ocupando pouco espaço. O vosso compostor deve ter já alguma terra e depois é só ir acrescentando os resíduos que vão fazendo durante o vosso dia a dia na cozinha e ir cobrindo com terra para afastar animais menos desejados. Tendo sempre em atenção que só os resíduos verdes (como folhas verdes, flores, restos de vegetais e frutas, etc.) e os resíduos castanhos (como erva seca, aparas de madeira e serradura, etc. ) é que se devem incluir, por isso, carne, peixe e lacticínios devem ser evitados. 

E então? Quem é que vai ajudar a mudar o mundo este ano com pequenos gestos?! 😻